top of page
Buscar
  • Foto do escritorLisiana Carraro

Como se proteger de golpes financeiros na aposentadoria.

A aposentadoria é um período de tranquilidade e merecido descanso após anos de trabalho, mas os golpes contra aposentados do INSS tem sido cada vez mais comuns e Infelizmente os criminosos estão cada vez mais sofisticados e tentam se aproveitar dos aposentados, aplicando golpes que podem trazer sérias consequências financeiras.

Os criminosos têm aplicado golpes contra aposentados do INSS fazendo abordagens por telefone, e-mail, mensagem por celular ou até mesmo indo dentro da própria casa, obtendo indevidamente dados de informações pessoais dos beneficiários. Estas informações privilegiadas ajudam a passar credibilidade aos aposentados e facilita a aplicação de golpe.


Como evitar golpes e garantir a segurança da sua aposentadoria

Existem medidas essenciais a serem abordadas para se proteger de golpes e garantir a segurança da sua aposentadoria, para evitar cair nesses golpes é essencial ter cuidado ao compartilhar informações pessoais, verificar a confiança dos contatos e nunca fornecer senhas ou dados pessoais financeiros a terceiros não confiáveis.


Manter informações pessoais em sigilo

Desconfie de ligações ou mensagens de pessoas desconhecidas solicitando informações pessoais ou financeiras, não compartilhar informações confidenciais, como número do CPF, senhas ou dados bancários, seja por telefone, e-mail, mensagens ou até mesmo pessoalmente, a não ser que tenha confiança da legitimidade do solicitante.


Verifique suas movimentações financeiras regularmente

Monitore atentamente suas contas bancárias e extratos de aposentadoria, fique atento a qualquer atividade suspeita ou transações não autorizadas, reporte imediatamente qualquer irregularidade.


Informe-se e busque auxílio profissional

Informe-se sobre as políticas de segurança adotadas pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), o INSS nunca solicita dados pessoais por contato direto e não pede fotos de documentos, adote as melhores formas para proteger seus dados e medidas preventivas para monitorar seu CPF regularmente, tal medida é um auxílio na proteção dos seu direitos e evita possíveis golpes.


Cuidado com golpes online

Evite clicar em links suspeitos enviados por mensagem não identificadas, golpistas podem tentar obter acesso às suas informações através de e-mails ou sites falsos.

Esteja ciente dos golpes mais comuns

Esteja atento sobre os tipos de golpes mais frequentes, como empréstimos consignados fraudulentos, falsos agentes de instituições financeiras e oferta de benefícios fictícios. Fique atento a qualquer proposta suspeita e desconfie de ofertas "milagrosas".


Conheça alguns golpes contra os aposentados


Benefício bloqueado

Os golpistas entram em contato com as vítimas por telefone, e-mail, mensagem de texto ou até mesmo pessoalmente, apresentando-se como representantes do INSS. O golpista diz que o benefício do aposentado foi bloqueado por desatualização de dados cadastrais e precisam de informações adicionais para regularizar a situação, criam um senso de urgência para passar as informações. O golpista falso pede para que forneça as informações para regularização, pedindo seu CPF, endereço, data de nascimento, dados bancários, número do cartão do INSS e outras informações. Uma vez que os golpistas obtêm as informações pessoais dos aposentados, eles podem realizar diversas atividades fraudulentas.


Prova de vida online

Os golpistas entram em contato com as vítimas por meio de ligações telefônicas, e-mails ou mensagens de texto, se passando por representantes do INSS informando que é necessário realizar a prova de vida digital. Criada pelos golpistas pela questão da pandemia da covid-19 de forma online, sem a necessidade de comparecer pessoalmente a uma agência bancária ou posto do INSS, os golpistas podem até ameaçar a suspensão do benefício caso as informações não sejam fornecidas, direcionam vítimas para sites falsos ou no WhatsApp com fotos de documentos e dados pessoais.


Antecipação do 13º salário e consignado

É uma fraude comumente aplicada contra aposentados e pensionistas, os golpistas entram em contato com a vítima por telefone ou por e-mail se passando por atendente do INSS, ele informa ao aposentado que há valores de benefícios atrasados disponíveis para serem liberados, incluindo atualização e correção de juros. Ao escutar essa notícia o aposentado acaba passando os seus dados pessoais, a vítima acaba ficando surpreso e animado com a notícia de receber dinheiro extra. Na segunda etapa do golpe, o fraudador solicita o pagamento de uma taxa administrativa para que o valor seja depositado para o beneficiado para liberar o dinheiro diretamente na conta do aposentado. Essa taxa pode ser cobrada por meio de um falso boleto ou uma transferência de valores direto para uma conta. Uma vez paga esta taxa o golpista começa a trazer novas taxas e tarifas a serem pagas tentando obter o máximo de valores da vítima.


Atrasados a receber mediante taxa

O 13º salário dos aposentados do INSS é antecipado parcialmente para ser recebido em junho, os golpistas têm conhecimento desse calendário e entram em contato com os segurados oferecendo adiantamentos dos valores mediante o pagamento de uma taxa. Eles se passam por atendentes de financeiras e solicitam dados e cópias dos documentos para autorizar a operação. O aposentado que recebe essa oferta acaba pagando a taxa e fornecendo as informações solicitadas, porém não recebe o dinheiro prometido, em muitos casos pode ser vítima do falso empréstimo consignado, em que os criminosos operam como agentes de financeiras e acabam autorizando o crédito em nome da vítima. Embora o dinheiro seja depositado na conta do aposentado, as parcelas com juros também são debitadas, para os golpistas o benefício está em receber as comissões que remuneram o agente de crédito e a instituição responsável pela intermediação do empréstimo.


Lembre-se, nunca forneça seus dados a pessoas desconhecidas e fique atento aos seus extratos e movimentações financeiras. Se perceber algo suspeito, avise imediatamente às autoridades competentes. Caso precise de mais orientação, não hesite em entrar em contato conosco.


17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page